CAPITÃO CARLÃO

O PROFESSOR DOS COMANDANTES!

Em 1982, o capitão amador Carlos Polacco deu um tempo nos cálculos da engenharia para virar professor de navegação. O tempo passou e, Carlão, como era conhecido no meio náutico, formou mais de 22 mil alunos, entre eles personalidades do universo náutico, como o velejador Robert Scheidt, bicampeão olímpico e 15 vezes campeão mundial de iatismo. “Eu sempre quis dividir com outras pessoas minha experiência em navegação. E consegui!”, disse Carlão, em uma das últimas entrevistas para NÁUTICA, em agosto do ano passado, para a matéria "20 brasileiros que trasnformaram o mercado náutico", único professor indicado.

Mesmo antes da obrigatoriedade das aulas embarcadas, por parte da Marinha, para a obtenção do arrais amador (primeira habilitação náutica, que permite a condução de embarcações de lazer em águas abrigadas), ele já oferecia módulos práticos — uma raridade entre os cursos de navegação, predominantemente teóricos.

Com mais de 30 mil horas navegadas, Carlão era um apaixonado pelo mar, com nada menos que três travessias oceânicas, tendo, numa delas, sobrevivido a um furacão. E sempre demonstrou igual paixão pelo ensino. Para Carlão, formar bons navegadores não bastava: era preciso aumentar a comunidade de “amigos do mar”, expressão que serve tanto para designar pessoas que zelam pelos oceanos quanto quem está sempre disposto a ajudar o próximo nas águas.

35 Anos de tradição

A Porthos Náutica já formou mais de 22.000 alunos, entre eles campeões mundiais e olímpicos.

CURSOS

HABILITAÇÃO 

PRÁTICOS

SERVIÇOS

DESPACHANTE NÁUTICO

CONSULTORIA